Psitacose no papagaio - sintomas e tratamento

Psitacose no papagaio - sintomas e tratamento

Os papagaios não são mais pássaros exóticos, mas cada vez mais animais de estimação, pois têm muitos atributos que os tornam amigos excepcionais, como a necessidade de companhia, simpatia e inteligência.

O fato de que os papagaios são atualmente percebidos como animais de estimação tem ajudado a chamar a atenção para a sua saúde, porque qualquer que seja a natureza do animal de estimação, ele precisa de cuidados para estar em boa saúde. e ter uma boa qualidade de vida.

Neste artigo de YourPetsBestFriends, apresentamos os sintomas e tratamento da psitacose no papagaio, uma doença que pode ser grave porque se espalha rapidamente e é transmitida para os seres humanos.

Catarata Cat - Sintomas e Índice de Tratamento
  1. O que é psitacose?
  2. Como é transmitida a psitacose em papagaios?
  3. Os sintomas da psitacose no papagaio
  4. O diagnóstico de psitacose
  5. Tratamento de psitacose no papagaio
  6. Transmissão de psitacose em humanos

O que é psitacose?

A psitacose, também conhecida como ornitose, clamídia ou febre do papagaio, é uma condição geralmente causada pela bactéria Chlamydia psittaci . Ela afeta papagaios e periquitos australianos em particular, mas também pode afetar outras aves e seres humanos através de animais infectados, pois é uma doença zoonótica.

Essa doença merece atenção especial, pois é muito contagiosa, se espalha muito rápido e atua reduzindo as defesas do animal, levando a outras infecções que podem mascarar os sintomas da psitacose.

O que é psitacose?

Como é transmitida a psitacose em papagaios?

A principal via de transmissão de psitacose é a inalação de poeira das fezes ou penas de aves infectadas, embora a transmissão direta também seja possível através de secreções oculares e respiratórias de animais doentes ou através do contato com animais. superfícies infectadas.

O estresse é um fator fundamental no desenvolvimento da psitacose, porque as aves que carregam essa bactéria são geralmente saudáveis ​​(elas ainda podem transmitir a infecção) e não mostram sinais de doença, a menos que sofram de estresse.

Como é transmitida a psitacose em papagaios?

Os sintomas da psitacose no papagaio

Os sintomas de psitacose em papagaios não são específicos da doença, isto é, eles não correspondem apenas a esta doença, mas a várias patologias diferentes. Isso ocorre porque a psitacose diminui as defesas do animal e leva a uma maior suscetibilidade à infecção por outras doenças.

Às vezes, a psitacose pode causar a morte súbita do seu animal de estimação, por isso é importante reconhecer os sintomas que podem indicar a presença desta doença:

  • sinusite
  • Inchaço ao redor dos olhos
  • conjuntivite
  • Secreções oculares
  • Secreções nasais
  • espirros
  • Diarreia amarela esverdeada
  • abatimento
  • Perda de peso

Na presença destes sinais, você deve consultar urgentemente um veterinário para que este possa estabelecer um diagnóstico e prescrever o tratamento apropriado.

Os sintomas da psitacose no papagaio

O diagnóstico de psitacose

O diagnóstico de psitacose pode ser complexo, pois os testes laboratoriais que podem ser realizados não são 100% confiáveis ​​no caso específico dessa bactéria.

Para diagnosticar a psitacose no papagaio, o veterinário irá realizar um exame físico completo e ter em conta o histórico médico do seu animal de estimação. Ao nível das medições laboratoriais, podem ser realizados dois testes:

  • Detecção do antígeno: consiste em detectar a presença da bactéria através do excremento do animal ou das secreções nasais e oculares.
  • Detecção de anticorpos: consiste em detectar no sangue os anticorpos que o sistema imunológico gerou especificamente contra essa bactéria.
O diagnóstico de psitacose

Tratamento de psitacose no papagaio

O tratamento da psitacose do papagaio e sua eficácia e prognóstico podem variar dependendo do estado geral de saúde da ave, sua idade e a presença de infecções secundárias. Ainda será necessário isolar o animal e administrar antibióticos por um período mínimo de 45 dias, as vias de administração podem ser as seguintes:

  • Administração oral
  • Administração por injeção
  • Administração por comida

No final do período de tratamento, o veterinário pode sugerir um novo teste no laboratório para verificar a eficácia do tratamento e também pode recomendar medicação para as aves que estiveram em contato com o papagaio infectado.

Tratamento de psitacose no papagaio

Transmissão de psitacose em humanos

A transmissão de psitacose de uma ave para uma pessoa é rara e não muito séria, pois a pessoa tem sintomas semelhantes aos da gripe ou do resfriado. No entanto, as conseqüências podem ser fatais em crianças, mulheres grávidas, idosos e pessoas imunocomprometidas.

Para evitar que seu papagaio sofra de psitacose e passá-lo para outras pessoas, pode ser muito útil seguir estas dicas:

  • A gaiola deve estar em ótimas condições de higiene
  • Não fique em uma área fechada onde as aves vivem
  • Não adote aves sem o certificado sanitário correspondente
  • Se o seu papagaio está sofrendo de psitacose, é importante tomar precauções de higiene, usar luvas e lavar bem as mãos após cada manipulação.

A transmissão de psitacose para aves e humanos pode ser evitada com medidas simples de higiene, por isso é importante levar em conta as recomendações descritas acima.

Transmissão de psitacose em humanos

Este artigo é simplesmente informativo, em YourPetsBestFriends nós não temos a competência para prescrever o tratamento veterinário ou realizar qualquer diagnóstico. Nós convidamos você a levar seu animal ao veterinário se ele mostrar sinais de uma condição ou desconforto.

Se você gostaria de ler mais artigos semelhantes ao Psittacosis Parrot - sintomas e tratamento, recomendamos que você visite a seção sobre doenças bacterianas.